Brócolis de rabe, uma delícia nutritiva das culinárias italiana e francesa

O brócolis de rabe é um dos legumes mediterrâneos favoritos. Ele está presente em muitas receitas das culinárias italiana e francesa.

Diferente do brócolis japonês, esse legume tem pequenas flores e grandes folhas irregulares de nabo. Por isso, também é chamado de brócolis de nabo.

Todas as partes do brócolis de Rabe são comestíveis: hastes, folhas e botões florais.

brócolis de rabe

Suas folhas largas e franzidas tem um gosto natural meio amargo e picante, lembrando a mostarda.

Mas, uma vez cozido ou salteado, seu sabor fica delicioso, trazendo um toque agradável em qualquer prato.

O brócolis de Rabe é nutritivo e ótimo para a saúde

Esse legume é rico em fitonutrientes, suas folhas verdes e escuras e suas hastes têm muitas propriedades benéficas para nossa saúde.

  • Fortalecimento ósseo

O brócolis de rabe é uma ótima fonte de vitamina K (100g fornecem 186% das nossas necessidades diárias).

A Vitamina K tem um papel potencial na função de fortalecimento ósseo promovendo a atividade osteoblástica no osso.

Ela também tem desempenhado papel na prevenção da doença de Alzheimer, limitando o dano neuronal no cérebro humano.

  • Poderoso antioxidante

O brócolis de nabo legume é uma rica fonte de antioxidantes como flavonóides, indoles, sulforafanos, carotenos, luteína e zeaxantina.

Por isso, ele também é ótimo em benefícios contra os cânceres de próstata, mama, cólon e ovário em virtude de sua inibição do crescimento de células cancerígenas e efeitos citotóxicos nas células cancerosas.

  • Fonte de Ácido Fólico (ótimo para gestantes)

O brócolis de rabe tem mais ácido fólico do que mostarda e ervas (cerca de 21% de RDA).

O ácido fólico desempenha um papel vital na síntese de DNA e na divisão celular. Quando suplementado em mulheres durante os seus períodos de peri-concepção, pode ajudar a prevenir defeitos do tubo neural nos recém-nascidos.

  • Rico em vitamina C

O brócolis de rabe é uma fonte ótima de vitamina C, 100g de folhas frescas fornecem 21% da recomendação diária.

A vitamina C (ácido ascórbico) é um poderoso antioxidante natural que oferece proteção contra radicais de oxigênio livre e infecções virais semelhantes a gripe.

  • Faz bem para as vistas e previne contra câncer

O brócolis de rabe é também uma excelente fonte de vitamina A, fornecendo 87% da recomendação diária.

A vitamina A é um nutriente essencial necessário para manter a mucosa e a pele saudáveis ​​e é essencial para a boa visão noturna.

Consumo de alimentos naturais ricos em flavonóides encontrados para ajudar a proteger os cânceres de pulmão e cavidade oral.

  • Muito mais vitaminas e minerais e previne doenças

Os brócolis frescos de brócolis são uma excelente fonte de vários grupos essenciais de complexos B de vitaminas, como piridoxina, tiamina, riboflavina e minerais como cálcio, ferro, magnésio, potássio, zinco, selênio e manganês.

O consumo regular de rapini greens na dieta é conhecido por prevenir artrite, osteoporose, anemia ferropriva e acredita oferecer proteção contra doenças cardiovasculares e câncer de cólon e próstata.

Dicas de consumo

Para preparar, corte a extremidade do lado do caule.

Enxaguar em água fria e mexer para remover qualquer sujeira.

Seque com uma toalha de papel ou um pano macio.

Usando uma faca de aparar, corte os verdes no comprimento desejado antes de cozinhar.

O sabor amargo do ramo de brócolis foi um pouco amolecido após o branqueamento durante alguns minutos em água fervente.

Transfira verduras brancas em água gelada para parar a cozedura e transformando-a em massa.

Brócolis de rabe vai bem com muitos ingredientes que vão desde legumes, massas, queijos e cogumelos.

Exemplos de pratos com brócolis de rabe:

  • Broccoletti di rapa, como os verdes chamados dentro da Itália, é um dos ingredientes mais procurados na cozinha italiana do sul.
  • Orecchiette alle cime di rapa é um dos pratos de macarrão das Apúrias.
  • Brócolis de rabe picado salteado em azeite com alho é um prato tradicional na Europa.
  • Brócolis de rabe finamente cortado pode ser adicionado na quiche.

Cuidados no consumo

  • Brócolis de rabe contém ácido oxálico , uma substância de ocorrência natural encontrada em alguns vegetais cruciferos, que podem cristalizar como pedras de oxalato no trato urinário em algumas pessoas.
    Portanto, indivíduos com doença de pedra urinária de oxalato conhecida devem evitar comer vegetais pertencentes a Brassica / família cruciferante.
  • O teor elevado de fitato e fibra alimentar nos brócolis de rabe pode interferir com a biodisponibilidade do ferro, cálcio e magnésio.
  • Devido ao seu alto teor de vitamina K, os pacientes que tomam anti-coagulantes, como a varfarina, são encorajados a evitar esse alimento, uma vez que aumenta a concentração de vitamina K no sangue, o que é que as drogas tentam freqüentemente diminuir.
    Pode aumentar de forma expressiva a dose efetiva do medicamento.
  • Sendo uma família de brincadeiras, o brócolis de rabe também pode conter goitrógenos.
    Quantidades excessivas de goitrógenos no alimento podem interferir com a produção de hormônio da tireóide e podem precipitar a deficiência de hormônio da tiroxina em indivíduos com disfunção tireoidiana.

Fontes

  1. Refer Stanford School of Medicine Cancer information Page- Nutrition to Reduce Cancer Risk (em inglês).
  2. USDA National Nutrient Database (em inglês).
  3. Cornell University-Home Gradening (em inglês).
Anis estrelado, saboroso elemento da medicina chinesa. Descubra o porquê
Pimenta Jalapeno, picância que faz bem pra saúde
Sementes de erva-doce: descubra porque é uma das 9 ervas sagradas
Cravo da índia, uma especiaria que faz seu prato especial e mais saudável
Semente de alcaravia, a tradição da cozinha européia que arrasa na saúde