Acerola – conheça seus 6 Benefícios para a saúde – Forma Saudável

A acerola atende pelo nome científico Malpighia emarginata, com origem na região das Antilhas, localizada na região da América Central e no norte da América do Sul.

Sua história de chegada ao Brasil é bastante recente e se trata de um processo que aconteceu de forma clandestina.

Na década de 1950, aproximadamente, uma pesquisadora trouxe cerca de 245 sementes do fruto de acerola e cultivou-as no campus da Universidade Rural do Estado do Pernambuco.

No entanto, por conta de diferenciações climáticas e da composição do solo, apenas 10 delas se tornaram árvores frutíferas,

de modo que tornaram as “mães” das outras tantas árvores que seriam plantadas por todo o território nacional.

Composição da Aceroleira

A aceroleira é um tipo de arbusto que chega até aos três metros de altura,

sendo ramificado desde a sua base, alcançando uma copa bastante densa e coberta por pequenas folhas de cor verde-escura e com uma textura bem lisa e brilhante.

As flores que surgem no período de reprodução da planta são um pouco rosadas e esbranquiçadas,

sendo dispostas em cachos que permanecem floridos por todo o ano,

culminando numa sazonalidade dos frutos de acerola que chega a 7 safras anuais.

Três ou quatro semanas depois de surgirem as flores é que aparecem os frutos  esféricos e que oscilam de cor mediante o processo de maturação ou espécies, indo do alaranjado ao vermelho.

Espécies e estrutura do Acerola

O desenvolvimento do produto se deu de forma bastante satisfatória nas regiões com clima tropicais, subtropicais e semiáridos.

Dessa forma, podem ser listadas hoje cerca de 60 gêneros de acerola que desencadeiam uma média de 850 espécies do fruto.

Sobre o fruto, é composto com uma textura de superfície lisa e subdividido em três gomos, com três sementes em seu interior.

A acerola tem aroma semelhante ao da maçã e sabor um pouco ácido.

acerola-beneficios

6 Benefícios da Acerola para Saúde!

Historicamente, a forma natural da fruta de acerola foi colhida e usada para tratar uma série de doenças,

como a diarreia ou inflamação dos intestinos.

No entanto, é popular como um suplemento alternativo para aliviar os sintomas do resfriado comum, principalmente por causa de seu alto teor de vitamina C.

Os suplementos desenvolvidos a partir do fruto de acerola são também apontados como impulsionadores da energia para a resistência de atletismo,

como um meio para minimizar os sintomas de depressão e para aliviar infecções da gengiva e dos dentes.

Acerola é uma fonte de vitamina C

sob a forma natural de ácido ascórbico, contendo tanto como 1.000-4.500 miligramas por 100 gramas de frutos comestíveis.

A vitamina C é um nutriente essencial, desempenhando um papel importante na saúde do sistema imunológico.

Também é importante para a síntese do colagênio, um componente estrutural de vasos da pele, ossos e sangue, assim como a síntese dos produtos químicos do cérebro envolvidas na regulação do humor.

Teor de vitamina C é mais alta na fruta menos madura e após a colheita da percentagem de vitamina C pode ser preservada por congelamento da planta.

Fonte de Vitamina A

A vitamina A é um nutriente importante encontrada na acerola.

A Acerola tem a mesma quantia de Vitamina A que um pacote de cenouras.

Isso equivale a cerca de 3400 a 12500 unidades internacionais por 100 gramas de fruto.

A vitamina A desempenha um papel importante na saúde visual, o crescimento normal e desenvolvimento em curso.

Ela também é responsável pela produção de células vermelhas do sangue e que protege o sistema imunológico.

Fonte de Vitaminas do Complexo B

Micronutrientes adicionais encontrados a um grau menor no fruto de acerola incluem várias vitaminas do complexo B, cálcio, ferro, potássio e magnésio.

Cada uma das quais é necessária uma dieta normal. Fibras,proteínas e ácidos gordos, macronutrientes importantes da dieta, são também no fruto.

Evidência clínica sugere que as propriedades antioxidantes elevados da acerola podem servir como um elemento importante na dieta regular.

Investigação está em curso para determinar seus benefícios exatos e potenciais em longo prazo efeitos adversos.

Veja a tabela Nutricional da Acerola:

 

Acerola ( Malpighia emarginata)
Valor nutricional por 100 g.

Princípio Valor nutricional Porcentagem de RDA
Energia 32 kcal 1,5%
Carboidratos 7,69 g 6%
Proteína 0,40 g <1%
Gordura total 0,30 g 1,5%
Colesterol 0 mg 0%
Fibra dietética 1,1 g 2,5%
Vitaminas
Folatos 14 µg 3,5%
Niacina 0,400 mg 2,5%
Ácido pantotênico 0,309 mg 6%
Piridoxina 0,009 mg <1%
Riboflavina 0,060 mg 4,5%
Vitamina A 767 UI 26%
Vitamina C 1677,6 mg 1864%
Eletrólitos
Sódio 7 mg 0,5%
Potássio 146 mg 3%
Minerais
Cálcio 12 mg 1,2%
Cobre 0,086 mg 9%
Ferro 0,20 mg 2,5%
Magnésio 18 mg 4,5%
Fosforoso 11 mg 1,5%
Selênio 0,6 µg 1%
Zinco 0,10 mg 1%

Fonte: base de dados do USDA National Nutrient

Veja mais no vídeo sobre os Benefícios da Acerola para Saúde!

Fontes

  1. Phenolic compounds in Malpighia- Instituto de Química-Brazil (em inglês).
  2. USDA National Nutrient Database.(em inglês)
Suco de graviola é delicioso e poderoso para sua saúde
Noz-moscada: poderoso afrodisíaco, tempero e medicamento
Semente de feno-grego, saúde da prevenção do câncer à amamentação.
Sementes de cominho são mais que um condimento, descubra o porquê
Sementes de coentro fazem sucesso na cozinha desde os tempos antigos

1 Comentário

  1. PESQUISAR OS TEMPÊROS PROVINIENTES DA CULTURA ALIMENTAR DOS INDIOS DA AMÉRICA LATINA, TRAZÊ-LOS PARA CULINÁRIA DAS GRANDES CIDADES, POR MEIO DE TRIAGENS E PESQUISAS LOCAIS, EXPERIMENTÁ-LOS EM PRATOS DIVERSOS, A DESCOBERTA DE NOVOS AROMAS E SABORES DIFERENCIADOS, PRESTIGIANDO A CULTURA ALIMENTAR E A IDENTIDADE DO NOSSO POVO. USO DE ERVAS MEDICINAIS, AROEIRA DA PRAIA(PIMENTA ROSA) ALECRIM, ARROZ SELVAGEM, CAPIM SANTO, ERVA CIDREIRA (SUMO) AFAVACA, ATICUM, CURCUMA, ETC.

    Reply

Deixe um comentário.