Durião, o poderoso rei das frutas

Durião é uma fruta tropical saborosa e macia, muito popular no sudeste asiático e conhecida por sua única fragrância forte.

Seu forte odor é a razão por ser amplamente reconhecido como o “Rei das Frutas” em muitos países.

O durião exótico é nativo do Brunei, da Indonésia e das florestas tropicais da Malásia.

Existem mais de 30 espécies conhecidas de durião, apenas 9 delas foram identificadas para a produção de frutas comestíveis e apenas 1 está disponível no mercado internacional.

A árvore de durião pode crescer até 50 metros de altura e começa a ter frutos após quatro ou cinco anos após a plantação.

durião

O durião é facilmente identificado por ter um tamanho grande (próximo ao de uma jaca, ou seja, uns 30cm de altura e uns 15cm de diâmetro) e a casca coberta de espinhos.

Pesa cerca de 4Kg, a cor da casca é verde com castanho, e sua polpa apresenta lâmpadas de cor creme de amarelo a açafrão dependendo da espécie.

A polpa do durião pode ser consumidas em vários estágios de amadurecimento e é utilizada como agente aromatizante em uma grande variedade de preparações culinárias e doces nas cozinhas do sudeste asiático.

Primo da Jaca

As sementes de durião são pequenas, redondas a forma oval, e parecem com as sementes de  jaca.

Embora as sementes cozidas possam ser comidas com segurança, muitas delas as descartam. As sementes apresentam um sabor suave às sementes de jaca.

A parte comestível do durião exala um odor forte, penetrante e identificável a longa distância. E tudo isso mesmo com a casca intacta.

Este inusual cheiro fedorento e intenso do durião pode ter levado muitas pessoas a expressar opiniões diversas e peculiares que vão desde a profunda gratidão ao nojento!

Benefícios do durião para a saúde

O durião, como outras frutas tropicais, feito banana, abacate e jaca, é rico em energia, minerais e vitaminas.

100g de frutas frescas carregam 147 KCal.

A fruta é feita de uma polpa macia e facilmente digerível composta de açúcares simples, como a frutose e a sacarose, que quando comido reabastece energia e revitaliza o corpo instantaneamente.

Embora contenha uma quantidade relativamente maior de gorduras entre os frutos, é livre de gorduras saturadas e colesterol.

Melhora da digestão e proteção ao corpo

O durião é rico em fibras alimentares, o que torna um bom laxante em massa.

O conteúdo de fibra ajuda a proteger a mucosa do cólon diminuindo o tempo de exposição às toxinas.

Também ajuda a unir e eliminar produtos químicos cancerígenos do intestino.

Fonte de vitaminas

A fruta durian é uma boa fonte de vitamina C antioxidante (cerca de 33% de RDA).

O consumo de alimentos ricos em vitamina C ajuda o corpo humano a desenvolver resistência contra agentes infecciosos e a eliminar os radicais livres nocivos.

É uma excelente fonte de saúde que beneficia grupos de vitaminas do complexo B; uma característica rara para frutas, como a niacina, riboflavina, ácido pantotênico (vitamina B5), piridoxina (vitamina B-6) e tiamina (vitamina B-1).

Estas vitaminas são essenciais para o corpo, uma vez que as exige de fontes externas para reabastecer.

Minerais essenciais

Além disso, também contém uma boa quantidade de minerais como manganês, cobre, ferro e magnésio.

  • O manganês é utilizado pelo corpo como um cofator para a enzima antioxidante, a superóxido dismutase.
  • O cobre é necessário na produção de glóbulos vermelhos.
  • O ferro é essencial para a formação de glóbulos vermelhos (RBC’s).

O durião fresco é uma fonte muito rica de potássio.

O potássio é um eletrólito essencial dentro das células e fluidos corporais que ajudam a controlar a freqüência cardíaca e a pressão arterial.

Além disso, também contém altos níveis de aminoácidos essenciais, triptofano (também referido como “pílula para dormir da natureza”).

O triptofano nos seres humanos se metaboliza em serotonina e melatonina; os dois neuroquímicos que desempenham um papel vital na iniciação do sono e aliviam a irritabilidade nervosa.

Escolha e armazenamento

O durião é uma fruta nativa do Sudeste Asiático vendida em mercados em todo o mundo.

As pessoas têm diferenças nas preferências em relação ao amadurecimento, enquanto alguns gostam de durians ligeiramente amadurecidos e azuis, outros podem preferir apreciar macio e amadurecer.

Geralmente, frutas maduras que caiem da árvore são recolhidas e vendidas nos mercados.

Para escolher a melhor fruta, opte por um durião com haste firme.

Fora do seu habitat natural, o durião é uma das frutas caras. Algumas de suas variedades, como D24 (Sultan), estão em alta demanda e, portanto, podem exigir um preço maior.

A fruta também pode ser armazenada dentro da geladeira por alguns dias.

 

Dicas para consumo

No seu exterior, o durião é totalmente coberto com espigões afiados capazes de infligir cortes; portanto, deve-se ter cuidado ao lidar com isso.

Corte o fruto longitudinalmente da mesma forma que você faz com jacas para expor a polpa amarela cremosa subjacente. Corte a polpa para remover as sementes.

O durião (amarelo e vermelho-aromatizado) é tradicionalmente usado para preparar um condimento de pasta fermentada (tempoyak) na Malásia e na Indonésia.

O durião fermentado também é adicionado para preparar o curry tempoyak de peixe feito de bagre de água doce e pasta de durian fermentada (gulai tempoyak ikan patin).

Formas mais populares de consumo do durião:

O durião pode ser utilizado como base de sabor em uma grande variedade de preparações doces, como doces tradicionais de Malás, Ice Kachang, Dodol, Biscoitos, etc.

Pastel de durião

Também é usado na preparação de sorvete, batidos e cappuccino.

Ikan brengkes, peixe cozido em molho durião, é tradicional nas ilhas de Sumatra na Indonésia.

Os duriãos não maduros podem ser cozidos como vegetais em uma variedade de pratos.

As sementes de durião, que sabem semelhantes às sementes de jaca, podem ser comidas cozidas ou assadas.

Baunilha além da culinária: descubra os poderes do viagra natural

Nenhum Comentário

Deixe um comentário.