Champignon é uma rica delícia culinária. Conheça os benefícios à saúde

O champignon é a variedade mais comum de cogumelos comestíveis em todo o mundo.

As diferentes variedades  disponíveis no mercado são a mesma espécie em diferentes estágios de desenvolvimento e colheita.

  1. Imaturo e branco: cogumelo champignon comum ou cogumelo de mesa.
  2. Imaturo e marrom: cogumelos castanhos ou creme. Estes possuem um caule mais grosso e mais resistente e chapéu de coloração marrom clara. Possuem um sabor mais pronunciado a cogumelo e textura mais carnuda que os champignons brancos.
  3. Maduro: cogumelos champignons Portobello.

Identificação

Os champignons podem ser facilmente encontrados em lojas e supermercados.

Os champignons apresentam chapéu de coloração branca/ marfim muito próximo ao caule.

Os champignons maiores possuem o chapéu aberto com manchas castanhas que escurecem à medida que amadurecem.

Os champignons possuem sabor agradável, suave e seu sabor se intensifica em champignons grandes e abertos.

Evite aqueles que possuem lamelas brancas, porque estes podem ser venenosos.

Cultivo

Para o cultivo dos champignons, utiliza-se normalmente a compostagem.

A compostagem bem-feita e pasteurizada serve como fonte de nutrientes adequada para o crescimento dos champignons, evitando o crescimento de outros fungos ou bactérias.

Na segunda fase, os esporos comerciais do cogumelo são implantados uniformemente na mistura do composto.

A argila e a serragem podem ser usadas para revestir compostagem.

Este revestimento auxilia na retenção de umidade, evitando a desidratação da mistura do composto, facilitando a disseminação e desenvolvimento do micélio em rizoformas, a partir do qual pequenos champignons surgirão.

Os cogumelos crescem e em pouco tempo estarão prontos para a colheita.

A colheita ocorre em ciclos de 6 a 9 dias, durante 5 a 7 semanas.

champignon

Benefícios à saúde  promovidos pelo champignon

O champignon apresenta poucas calorias, mas é rico proteínas e a aminoácidos essenciais e contém níveis adequados de minerais, vitaminas e fibras.

Vitaminas

É rico em vitaminas do complexo B, como tiamina, riboflavina, niacina, vitamina B6 (piridoxina) e ácido pantotênico.

Cada 100 gramas de champignon fornece 0,402 miligramas ou 37% da ingestão dietética recomendada de riboflavina (vitamina B2).

A deficiência de riboflavina pode causar úlcera na boca, rachadura nos lábios, na língua e na boca (estomatite angular), e erupções cutâneas escamosas.

Os champignons apresentam vitamina D na forma de ergocalciferol.

A vitamina D é uma vitamina lipossolúvel essencial, necessária para o crescimento dos ossos e metabolismo do cálcio.

Minerais

Cada 100g contêm 0,318 mg ou 37% da ingestão dietética recomendada de cobre.

É essencial para a produção das células sanguíneas (hematopoiese), para a neurotransmissão, e como cofator de enzimas oxidativas.

Cada 100g de champignons fornecem 9,3µg ou 17% da ingestão dietética recomendada de selênio.

O selênio é um nutriente cofator da enzima antioxidante glutationa oxidase.

Possui função essencial na integridade tecidual do fígado e do coração.

Possui níveis excelentes de selênio, cobre, fosforo, zinco e potássio.

Tabela nutricional

Veja a tabela abaixo para análise detalhada de nutrientes:

Champignon
valor nutritivo por 100 g.

Princípio Valor nutricional Recomendação diária
Energia 22 kcal 1%
Carboidratos 3,26 g 2,5%
Proteína 2,18 g 4%
Gordura total 0,34 g 1%
Fibra dietética 1 g 3%
Vitaminas
Folatos 17 μg 4%
Niacina 3,607 mg 23%
Ácido pantotênico 1,497 mg 27%
Piridoxina (B-6) 0,104 mg 8%
Riboflavina 0,402 mg 31%
Tiamina 0,81 mg 7%
Vitamina A 0 UI 0%
Vitamina C 2,1 mg 3,5%
Vitamina D 7 UI mg 1%
Vitamina E 0 mg 0%
Vitamina K 0 μg 0%
Eletrólitos
Sódio 5 mg 0,5%
Potássio 318 mg 7%
Minerais
Cálcio 3 mg <1%
Cobre 0,318 mg 35%
Ferro 0,50 mg 6%
Magnésio 9 mg 2%
Manganês 0,047 mg <1%
Fósforo 86 mg 12%
Selênio 9,3 μg 17%
Zinco 0,52 mg 15%

Fonte: base de dados do USDA National Nutrient

Seleção e armazenamento

O champignon pode ser encontrado durante todo o ano nos supermercados.

Selecione apenas o champignon de consistência firme, limpos e brilhantes.

Evite aqueles com descoloração, pontos negros, secos ou com manchas.

Não adquirida champignons úmidos, com superfície escorregadia, já que eles apresentam aroma e sabor inferior.

Também podem ser adquiridos nos supermercados em latas ou vidros de conserva.

Dê preferência aos produtos autênticos, de marca conhecida e com período de validade à mostra.

Os cogumelos são altamente perecíveis.

Quando armazenados apropriadamente, eles podem permanecer próprios para o consumo de 3 a 5 dias.

Armazene-os em embalagens de papel ou em papel toalha, onde eles poderão ser mantidos livres de umidade por até 3 dias.

Em embalagens a vácuo, os champignons permanecerão próprios para o consumo por até 14 dias dentro da geladeira.

Para aumentar sua vida de prateleira dos champignons, evite cortá-los em fatias.

Preparação e métodos culinários

Lave-os em água corrente por alguns segundos, imediatamente antes de utilizá-los.

Escove os champignons suavemente com uma escova.

Não descasque os champignons; a limpeza suave com uma escova é o suficiente.

Seque-os com um papel toalha ou pano macio.

Os champignons podem ser utilizados inteiros, em cubos, em fatias, ou como você desejar prepará-los.

Também podem ser utilizados crus, em saladas.

Exemplos de usos:

Os champignons cortados em fatias finas podem ser adicionados a sopas.

Cortados em cubos podem ser adicionados em cozidos e em frituras contendo frango e mariscos.

Os cogumelos grandes  podem ser utilizados em recheios e em preparações de grelhados e assados.

Os champignons fatiados e em cubos são ingredientes comuns em pizzas, massas e empadas.

Aviso de segurança

A intoxicação alimentar por champignon é muito rara.

Fontes

 

 

40 alimentos que curam – plantas medicinais | Forma Saudável
Chá vermelho, sabor que acalma, previne contra o cancer e muito mais
Raiz de Ginseng, sinônimo de força e bem-estar desde a Antiguidade
O chá da raiz de chicória traz mais benefícios à saúde do que o café
Chá de camomila, umas das mais fortes e tradicionais infusões medicinais
Descubra porque o chá de erva-cidreira é uma infusão poderosa

Nenhum Comentário

Deixe um comentário.