Tâmara


tamara-para-saude




Que nutrientes existem na tâmara? Muitos! Tâmaras são frutas doces e deliciosas de oásis tropicais, repletas de minerais necessários para manter-se em forma e saudável.

10 ótimos benefícios da tâmara para saúde.

1. FONTE DE ENERGIA

Tâmara fresca tem carne macia, facilmente digerível e açúcares simples como frutose e dextrose. 100 g de tâmaras possuem 277 calorias. Quando consumidas, reabastecem a energia e revitalizam o corpo instantaneamente. Por estas qualidades, são servidas para quebrar o jejum durante o mês do Ramadã desde tempos antigos.

2. RICA FONTE DE FIBRA DIETÉTICA

O fruto é rico em fibra dietética, que previne a absorção de colesterol LDL no intestino. Além disso, a fibra funciona como um laxante em massa. Assim, ajuda a proteger a membrana mucosa do cólon de produtos químicos causadores de câncer.

3.  FONTE DE ANTIOXIDANTES E TANINOS

Contêm flavonoides antioxidantes polifenólicos conhecidos como taninos que beneficiam a saúde. Taninos são conhecidos por possuírem propriedades anti-infecciosas, anti-inflamatórias e anti-hemorrágicas (prevenir tendências de fácil sangramento).

4. FONTE DE  VITAMINA A

São fontes moderadas de vitamina A (contém 149 UI por 100 g), que é conhecida por ter propriedades antioxidantes e essenciais para a visão. Além disso, também é necessária manter a pele saudável. O consumo de frutas naturais ricas em vitamina A é conhecido por ajudar a proteger de câncer de pulmão e cavidade oral.

5. PROTEGE CONTRA ALGUNS TIPOS DE CÂNCER

Contém flavonoides antioxidantes como o betacaroteno, luteína e zea-xantina. Estes antioxidantes tem a capacidade de proteger as células e outras estruturas do corpo dos efeitos nocivos de radicais livres. Logo, comer tâmaras pode oferecer alguma proteção contra câncer de cólon, próstata, mama, endometrial, pulmão e pancreático.

6. PROTEGE CONTRA  DEGENERAÇÃO MACULAR

A zea-xantina é um carotenoide dietético importante que é absorvido de maneira seletiva pela retina macula lutea, onde fornece funções antioxidantes e protetoras de filtração de luz. Assim, oferece proteção contra a degeneração macular relacionada à idade, especialmente em populações idosas.

7. EXCELENTE FONTE DE FERRO

Tâmara é uma excelente fonte de ferro, 0,90 mg / 100 g de frutas (cerca de 11% da RDI). Ferro, sendo um componente da hemoglobina dentro dos glóbulos vermelhos, determina a capacidade de transporte de oxigênio do sangue.

8. FONTE DE POTÁSSIO

Além disso, eles são uma excelente fonte de potássio. 100 g contém 696 mg ou 16% dos níveis diários recomendados deste eletrólito. O potássio é um componente importante de fluidos corporais que ajudam a regular a frequência cardíaca e a pressão arterial. Oferecendo, assim, proteção contra acidentes vasculares cerebrais e doenças cardíacas coronárias.

9. FONTE DE CÁLCIO, MANGANÊS, COBRE E MAGNÉSIO

A tâmara também é rica em minerais como cálcio, manganês, cobre e magnésio. O cálcio é um mineral importante que é um componente essencial dos ossos e dentes, e exigido pelo corpo para a contração muscular, coagulação do sangue e condução do impulso nervoso. Manganês é usado pelo corpo como um cofator para a enzima antioxidante, superóxido dismutase. O cobre é necessário para a produção de glóbulos vermelhos. O magnésio é essencial para o crescimento ósseo.

10. FONTE MODERADA DE VITAMINAS DO COMPLEXO-B

Além disso, o fruto tem níveis moderados de vitaminas do complexo-b , e de vitamina K. Contém quantidades muito boas de piridoxina (vitamina B-6), niacina, ácido pantotênico e riboflavina. Estas vitaminas estão agindo como cofatores para ajudar o corpo a metabolizar carboidratos, proteínas e gorduras. A vitamina K é essencial para muitos fatores coagulantes no sangue, bem como no metabolismo ósseo.



Sobre a tâmara.

O fruto da tâmara é uma “drupa”, na qual sua parte exterior carnosa (exocarpo e mesocarpo) envolve uma concha (o poço ou pedra) de endocarpo endurecido com uma semente dentro. O fruto é oval a cilíndrico em forma, 3-7 cm de comprimento, e 2-3 cm de diâmetro.

Botanicamente são os frutos que crescem na palmeira pertencente à família de Arecaceae, do gênero Phoenix, cientificamente nomeado como Phoenix dactylifera. Acredita-se que a árvore se origina das terras às margens do rio Nilo e Eufrates do antigo Egito e da Mesopotâmia. A palmeira da tâmara é cultivada extensivamente nos climas mais mornos por suas frutas comestíveis.

Sobre o cultivo.

Tâmaras maduras variam entre amarelo dourado, âmbar, vermelho brilhante a castanho escuro, dependendo do tipo de cultivo. Existem muitas variedades de tâmaras cultivadas. ‘Amir Hajj’, ‘Saidy’, ‘Khadrawy’ e ‘Medjool’ são algumas das variedades importantes e populares por o seu rico sabor e qualidade superior.

Confira no vídeo como fazer uma receita deliciosa com tâmara.

Fontes:

Importante: Procure sempre a orientação de seu médico ou outro profissional de saúde qualificado antes de começar qualquer tratamento novo ou fazer alguma mudança num eventual tratamento existente.

Cúrcuma
4 de dezembro de 2016
10 ótimos motivos para emagrecer comendo goji berry
Tangerina
8 de agosto de 2016
Aipo
31 de dezembro de 2014
Alho
28 de novembro de 2014
Canela
7 de setembro de 2014

Nenhum Comentário

Deixe um comentário.