Alongamento e Aquecimento Específico

O alongamento e aquecimento específico devem ser uma parte essencial de qualquer plano de treinamento, pois constitui uma das variáveis da aptidão física.

Muitos profissionais e praticantes de musculação se questionam se o alongamento pode ou não prejudicar o rendimento do treinamento e se é eficiente para a prevenção de lesões. Bem, alongar ou não alongar antes do treino?  Para começar vamos entender o que é o alongamento e o que é flexibilidade. O alongamento é um meio utilizado para melhorar a flexibilidade, ou seja, é a técnica que é utilizada para aumentar a amplitude da articulação.

A flexibilidade é uma capacidade física que é entendida como a capacidade de amplitude de movimento de determinada articulação. Através do alongamento e aquecimento específico ocorre o afastamento das unidades contráteis do músculo e por essa questão acreditava-se que a capacidade de gerar força após a realização do alongamento poderia ser prejudicada (Badaro, Silva e Beche, 2007).

Em relação à prevenção de lesões, devemos lembrar que diversos mecanismos podem causar lesões, como trauma direto, entorses, luxações e esforços repetitivos (Fernandes, Pedrinelli e Hernandez, 2011).

 

alongamento-aquecimento

 

A realização do alongamento não evitam diversos tipos de lesões. O que é importante para o praticante é que se mantenham níveis de flexibilidade adequados para a realização das atividades, tanto esportivas, quanto diárias.

E rendimento das sessões de treinamento é prejudicado ou não? Até o momento, não há comprovações cientificas suficientes relatando que o alongamento e aquecimento específico realizado antes da sessão de musculação prejudique a força muscular.

Diferentes estudos foram realizados para observar a resposta da força muscular após a realização do alongamento e não encontraram diferenças significativas entre a realização de alongamento e aquecimento específico (Simão e colaboradores, 2003 ; Fermino e colaboradores, 2005)

 

aquecimento-alongamento

 

Entendendo que o alongamento e aquecimento específico não prejudica os níveis de força de uma sessão de treino e não previnem diversos tipos lesões.

A prescrição de alongamentos antes fica a critério do professor e do bem estar do praticante. Caso o praticante goste de alongar antes do treino não haverá prejuízos.

O que não podemos esquecer é que o treino de flexibilidade apresenta questões metodológicas diferentes do alongamento e aquecimento específico pré-treino.

O alongamento e aquecimento Específico pré-treino não pode ter como objetivo a melhora da flexibilidade e sim ter como objetivo a preparação para o início do exercício.  Bom treino!

Veja mais no vídeo sobre  Alongamento e Aquecimento Específico!

Prof. Léo de Paiva Montenegro (Especializando em Musculação e Treinamento de Força – UNESA – Especialista em Treinamento Desportivo – UGF – Especialista em Exercício aplicado a reabilitação cardíaca e a grupos especiais – UGF – Graduando em Fisioterapia – UNESA – Graduado em Educação Física – UNESA)

Referências Bibliográficas

  • Badaro, A.F.V. ; Silva, A.H. ; Beche, D. Flexibilidade Versus Alongamento: Esclarecendo as Diferenças. Revista Saúde. Vol. 33. Num. 1. 2007.
  • Fermino, R.C. e colaboradores. Influência do aquecimento específico e de alongamento no desempenho da força muscular em 10 repetições máximas. Revista Brasileira de Ciência e Movimento. Vol. 13. Num. 4. 2005.
  • Fernandes, T.L. ; Pedrinelli, A. ; Hernandez, A.J. Lesão muscular – Fisiopatologia, Diagnóstico, Tratamento e Apresentação Clínica. Revista Brasileira de Ortopedia. Vol. 46. Num. 3. 2011.
  • Simão e colaboradores. Influência do aquecimento específico e da flexibilidade no teste 1RM. Revista Brasileira de Fisiologia do Exercício. Vol. 2. 2003.
Castanha de Caju
28 de abril de 2017
Cardamomo
9 de dezembro de 2016
Tâmara
7 de dezembro de 2016
Cúrcuma
4 de dezembro de 2016
10 ótimos motivos para emagrecer comendo goji berry
Tangerina
8 de agosto de 2016

Nenhum Comentário

Deixe um comentário.